Solicite seu orçamento

Orientações para Exames

  • 1.1 Secreções em geral

    1.1 - ORIENTAÇÕES PARA COLETA DE SECREÇÕES EM GERAL

    • A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início da antibioticoterapia ou à critério médico;
    • Não  usar  medicação  tópica  nas  12  horas  que  antecedem  o  exame  (cremes,  pomadas, antissépticos);
    • Caso já esteja usando antimicrobianos (oral ou tópico), informar o nome e tempo de uso; Essa informação será anexada ao protocolo do paciente e encaminhada para avaliação do bioquímico responsável
  • 1.2 Clearence de creatinina

    1.2 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO EXAME CLEARANCE DE CREATININA

    • O  paciente  deve  iniciar  a  coleta  de  urina  de  24  horas  pela  manhã.    Ao  se  levantar,  esvaziar  a bexiga,  desprezando  a  primeira  urina  no  vaso  sanitário.  Manter  dieta  habitual  e  não  ingerir bebida alcoólica durante o período de coleta da urina;
    • A  partir  desse  horário,  toda  urina  deverá  ser  coletada  em  frasco  próprio,  fornecido  pelo laboratório;
    • No  dia  seguinte  coletar  a  primeira  urina  da  manhã,  que  será  a  ultima  urina  a  ser  coletada, fechando o ciclo de 24h;
    • Após o término das 24 horas todos os fracos armazenados devem ser entregues ao laboratório o mais  breve  possível.  Caso  o  tempo  seja  muito  longo,  a  urina  pode  sofrer  alterações  que inviabilizam a análise, necessitando de nova coleta de urina de 24 horas;
    • A coleta de sangue para realização de creatinina plasmática, que faz parte deste exame, poderá ser realizada no momento da entrega dos frascos para coleta de urina 24 horas.
    • Para  realização  deste  exame  necessita-se  com  precisão  das  informações  de  peso  e  altura  do paciente.  Este  procedimento  será  realizado  obrigatoriamente  no  próprio  laboratório,  após  a coleta de sangue.

    EXEMPLO: Ao  acordar,  esvaziar  a  bexiga  em  vaso  sanitário  às 8h.  A  partir  desse  horário, inclusive a noite, toda urina deverá ser coletada em frasco próprio, fornecido pelo laboratório. No dia seguinte, exatamente às 8h, coletar a primeira urina juntamente com as demais amostras fechando o ciclo de 24h.

    ATENÇÃO: A perda de qualquer quantidade de urina interfere consideravelmente no resultado do  exame,  assim  como  peso  e  altura  incorretos.  Esses  dados  são  de  extrema  importância  para uma melhor avaliação do resultado pelo médico.

  • 1.3 Coprocultura

    1.3 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE FEZES PARA COPROCULTURA

    • Coletar o material, de preferência, antes do uso de antimicrobianos e quatro dias após o uso de contrastes radiológicos;
    • Evacuar em recipiente limpo e seco;
    • Jamais  coletar  material  na  água  do  vaso  sanitário;  pode-se  recolher  as  fezes  sobre fralda descartável nova;
    • A coleta pode ser feita em qualquer evacuação do dia;
    • Transferir algumas “pazinhas” do material para o frasco fornecido pelo laboratório;
    • Passar o swab (fornecido pelo laboratório) em porções das fezes que contenham muco, pus  ou  sangue  e  introduzi-lo  ate  o  fundo  do  tubo  com  meio  de  tranporte  Cary-Blair (geléia);
    • Enviar  o  swab  ao  laboratório  o  mais  rápido  possivel,  à  temperatura  ambiente  (máximo 2h após a coleta);
  • 1.4 Escarro

    1.4 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE ESCARRO:

    • Apanhar frasco estéril no laboratório;
    • Obter,  preferencialmente,  amostras  de  escarro  pela  manhã,  ao  acordar,  antes  da alimentação;  
    • Eliminar secreções nasais e retirar próteses dentárias;
    • Realizar  higienização  oral  em  dentes  e  língua  utilizando  escova  dental  úmida  e bochechos com água, sem antissépticos e sem creme dental;  
    • Colocar-se  sentado  segurando  o  frasco  com  uma  das mãos,  inspirar  profundamente, reter o ar nos pulmões por alguns segundos e tossir de maneira a depositar o material pulmonar diretamente no frasco;  
    • Repetir a operação de maneira a obter o maior volume possível de escarro;
    • Coletar material sem saliva para ser representativo.  
    • Caso  o  material  tenha  saliva  em  excesso  e  presença  de  restos  alimentares,  repetir  a coleta no dia seguinte;  

    ***   O   resultado   do   exame   de   escarro   expectorado   depende   diretamente  da qualidade da amostra obtida.***

  • 1.5 Espermograma

    1.5 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE ESPERMOGRAMA:

    • Momentos  antes  de  sair  para  realizar  a  coleta  no  laboratório,  ainda  em  casa,  higienizar  o pênis utilizando água e sabonete neutro;
    • Enxaguar e secar com gaze estéril ou toalha limpa;
    • Chegar ao Laboratório, e apresentar-se com documento com foto para realização do exame;
    • Urinar imediatamente antes da coleta;
    • Dirigir-se até a sala de coleta própria para este tipo de procedimento. Lavar as mãos;
    • Realizar masturbação sem a utilização de lubrificantes ou saliva;
    • Coletar todo material diretamente no frasco estéril;
    • Coletar o material preferencialmente no próprio laboratório. Caso o paciente prefira coletar em casa, deverá trazer a amostra ao laboratório, em até 15 minutos.
    • Após a coleta, manter o frasco em temperatura ambiente.

    OBSERVAÇÕES:

    • O paciente deve estar no mínimo 3 e no máximo 5 dias em abstinência sexual;
    • Coletar este material preferencialmente no próprio laboratório;
    • Não armazenar e nem refrigerar a amostra;
    • O tempo de abstinência pode também ser determinado pelo médico, conforme a frequência de relação do casal.

    *****ATENÇÃO****

    • Devido    a    particularidades    deste    exame,    a    coleta    do    material,    deverá    ocorrer OBRIGATORIAMENTE na Unidade Jardim Carvalho, (Avenida Monteiro Lobato, 1089 – em frente à Flemming);  
    • A entrega da amostra na recepção da unidade do Jardim Carvalho, deverá ocorrer somente de segunda  à  sexta-feira com preenchimento obrigatório de um questionário fornecido pela recepcionista, sem necessidade de horário determinado. 
    • As exceções deverão ser consultadas DIRETAMENTE COM O SETOR TÉCNICO. 
  • 1.6 Fezes

     1.6 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE FEZES PARA PARASITOLÓGICO, PH, GORDURA FECAL, ROTAVÍRUS, SUBSTÂNCIAS REDUTORAS, PESQUISA DE FUNGOS E PESQUISA DE HELMINTOS E PROTOZOÁRIOS NAS FEZES

    •  Coletar fezes em frasco fornecido pelo laboratório;
    •  Encaminhar ao laboratório em até 2h após a coleta;
    •  Não coletar fezes em contato direto com fraldas, papel higiênico e vaso sanitário;
    •  Não aceitar amostras contaminadas com urina.
    •  Uma  quantidade  de  amostra  correspondente  a  uma  colher  de  sopa  é  suficiente  para  a realização dos exames.
    •  Somente  amostras  para  PARASITOLOGICO  de  fezes,  pesquisa  de  HELMINTOS  e PROTOZOÁRIOS, podem ser armazenados em geladeira por até 24 horas até a entrega no laboratório.
  • 1.7 Hemocultura

    1.7 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE HEMOCULTURA:

    • O número de coleta de sangue será determinado pelo pedido médico.
    • Informar ao laboratório se o paciente está em estado febril.
    • A coleta pode ser realizada durante o “pico febril”, conforme pedido médico, preferencialmente antes da antibioticoterapia. Se o paciente estiver usando antibiótico, a coleta deve ser realizada antes da próxima dose do medicamento.
  • 1.8 Micológico de Pele

    1.8 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE MICOLÓGICO DE PELE (PESQUISA E CULTURA PARA FUNGOS)

    • A coleta deve ser preferencialmente antes do início do tratamento
    • O paciente deverá estar sem a utilização de antimicrobianos/antifúngicos oral ou tópico (cremes,  pomadas,  hidratantes)  há  pelo  menos  3  dias  antes  da  coleta,  para  que  se obtenha um material satisfatório;
    • Não usar cremes, hidratantes e pomadas antes da coleta.
    • Caso  já  esteja  usando  antimicrobianos/antifúngicos  (oral  ou  tópico),  informar  o  nome  e tempo de uso; Essa informação será anexada ao protocolo do paciente e encaminhada para avaliação do bioquímico responsável
  • 1.9 Micológico de Unha

    1.9  -  ORIENTAÇÕES  PARA  REALIZAÇÃO  DA  COLETA  DE  MICOLÓGICO  DE  UNHA (PESQUISA E CULTURA PARA FUNGOS)

    •  Não ir à manicure/pedicure, nem utilizar esmalte pelo por menos 7 dias que antes da  coleta;  
    •  A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início do tratamento com o  antifúngico/associação, ou à critério médico;  
    •  O paciente deverá estar sem usar medicação antifúngica oral ou tópica, há pelo menos 3 dias, para que sejam obtidos resultados satisfatórios;
    •  Caso não seja possível, relatar o uso do antifúngico/associação utilizado, informando o  nome do medicamento e tempo de uso. Essa informação será anexada ao protocolo do  paciente e encaminhada imediatamente para avaliação do bioquímico responsável,  antes da realização da coleta.
  • 1.10 Oxiúrus

    1.10 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA PARA PESQUISA DE OXIÚRUS

    • O  paciente  deve  comparecer  ao  laboratório  antes  da  realização  da  higiene  pessoal  ou evacuação, preferencialmente no período da manhã.
  • 1.11 Pesquisa de Hemácias Dismórficas na Urina

    1.11 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA PARA PESQUISA DE HEMÁCIAS DISMÓRFICAS (DISMORFISMO ERITROCITÁRIO)

    • Solicitar no laboratório um frasco estéril para coleta de urina
    • Coletar a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas;  
    • Fazer higiene genital rigorosa;
    • Desprezar o primeiro jato e coletar a porção intermediária;
    • Tampar bem o frasco e encaminhar imediatamente ao laboratório;
    • Coletar no mínimo 20 mL.

    Nas 24 horas que antecedem o exame, 

    • Manter uma alimentação leve;
    • Não realizar exercícios físicos;
    • Não manter relações sexuais;
    • Não utilizar cremes vaginais ou talco;
    • Não  realizar  exames  como:  raio  X,  cintilografia,  eletrocardiograma,   eletro  de  esforço  e exame ginecológico;
    • Não ingerir aspirina (AAS) ou similares.

    Evitar realizar o exame nas seguintes condições:

    • Estado febril;
    • Período menstrual.

  • 1.13 Secreção Uretral Feminina

    1.13 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE SECREÇÃO URETRAL FEMININA

    • A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início da antibioticoterapia ou a critério médico;
    • A  paciente  não  deve  manter  relações  sexuais  dentro  das  24  horas  que  antecedem  a coleta;  
    • Não usar cremes ou óvulos vaginais nas 48 horas anteriores à coleta;
    • Não usar ducha vaginal 24 horas antes da coleta;  
    • A paciente não deve estar menstruada;
    • Realizar  a  coleta  preferencialmente  pela  manhã,  antes  de  urinar  ou  com  intervalo mínimo de 4 horas após a última micção;  
    • Caso  já  esteja  usando  antimicrobianos,  informar  o nome  e  tempo  de  uso;  Essa informação  será  anexada  ao  protocolo  do  paciente  e encaminhada  para  avaliação  do bioquímico responsável.
  • 1.14 Secreção Uretral Masculina

    1.14 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE SECREÇÃO URETRAL MASCULINA

    • A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início da antibioticoterapia ou à critério médico;
    • Realizar  a  coleta  preferencialmente  pela  manhã,  antes  de  urinar  ou  com  intervalo mínimo de 4 horas após a última micção;  
    • O  paciente  não  deve  manter  relação  sexual  dentro  das  24  horas  que  antecedem  a coleta;  
    • Caso  já  esteja  usando  antimicrobianos,  informar  o nome  e  tempo  de  uso;  Essa informação  será  anexada  ao  protocolo  do  paciente  e encaminhada  para  avaliação  do bioquímico responsável.
  • 1.15 Secreção Vaginal

    1.15 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE SECREÇÃO VAGINAL

    • A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início da antibioticoterapia ou à critério médico;
    • A  paciente  não  deve  manter  relações  sexuais  dentro  das  24  horas  que  antecedem  a coleta;  
    • Não usar cremes ou óvulos vaginais nas 48 horas anteriores à coleta;  
    • Não usar ducha vaginal 24 horas antes da coleta;
    • A paciente não deve estar menstruada;
    • Realizar a coleta preferencialmente pela manhã, antes de urinar.
  • 1.16 Secreção vaginal de crianças

    1.16 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE SECREÇÃO VAGINAL DE CRIANÇAS

    • A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do início da antibioticoterapia ou a critério médico;
    • Não tomar banho e nem urinar antes da coleta de secreção vaginal;
    • Relatar  no  protocolo  da  criança  o  uso  prévio  de  antimicrobianos  ou  medicamentos tópicos.
    • Caso  já  esteja  usando  antimicrobianos,  informar  o nome  e  tempo  de  uso.  Essa informação  será  anexada  ao  protocolo  do  paciente  e encaminhada  para  avaliação  do bioquímico responsável. 
  • 1.17 Urina 1º Jato

    1.17 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA 1º JATO

    • Solicitar no laboratório um frasco estéril para coleta de urina
    • A amostra a ser coletada deve ser preferencialmente a primeira urina da manhã ou após a retenção urinária de pelo menos 4 horas
    • Lavar as mãos com água e sabão neutro. Secar com a toalha limpa;
    • Realizar  a  higiene  da  região  genital  com  água  e  sabonete  neutro  e  secar  com  toalha limpa ou gaze estéril;
    • Abrir o frasco apenas no momento da coleta;
    • Para os homens: retrair o prepúcio com uma das mãos e com a outra segurar o frasco já aberto;
    • Para  as  mulheres:  sentar  no  vaso  sanitário,  com  uma  das  mãos  segurar  o  frasco  já aberto e com a outra mão afastar os grandes lábios da vagina;
    • Coletar o primeiro jato de urina diretamente no frasco (10 mL);
    • Desprezar  o  restante  da  micção  no  vaso  sanitário; se  tiver  solicitação  de  parcial  de urina, coletar o restante da urina (jato médio) em outro frasco;
    • Tampar o frasco e levar imediatamente ao laboratório, no máximo 2h após a coleta;


    Observação:

    • Pacientes  com  solicitação  de  exames  em  urina  1º  jato  e  urina  jato  médio  (parcial  de urina), devem coletar as 2 amostras no mesmo dia.
  • 1.18 Urina 12 horas

    1.18 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA DE 12 HORAS PARA CONTAGEM DE ADDIS

    • A contagem de Addis é feita na urina noturna de 12 horas, após dieta restrita em água pelas 12 horas anteriores;
    • No dia que precede a coleta (a partir das 8h da manhã até as 20 horas da noite), só é permitido tomar no máximo 3 copos de água; não ingerir chás, refrigerantes, chimarrão, café, sucos.
    • As urinas do dia, até ás 20 horas deverão ser desprezadas no vaso sanitário;
    • A partir das 20 horas e até as 8h da manha seguinte, não tomar mais água.  
    • Esvaziar a bexiga às 20 horas e a partir daí coletar toda urina até as 8h da manhã do dia seguinte em frasco apropriado, fornecido pelo laboratório;
    • Levar o frasco ao laboratório imediatamente, na manhã em que termina a coleta;

    OBSERVAÇÃO:

    • Durante  este  período  não  tomar  sopas  ou  sucos;  ingerir  preferencialmente  alimentos secos (arroz, bife grelhado, batata...); evitar comidas salgadas, pois aumentam a sede;
    • Se não conseguir ficar sem tomar água, suspender a coleta, e iniciar outro dia.
    • Não perder urina durante evacuação ou banho;
    • Mulheres  aguardar  ao  menos  5  dias  para  coleta  após  termino  da  menstruação,  não coletar menstruada.
    • Manter o frasco da coleta com a amostra em geladeira, longe do congelador.
    • Se estiver usando algum medicamento, informar a recepcionista.
  • 1.19 Urina 24 horas

    1.19 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA 24 HORAS

    • O  paciente  deve  iniciar  a  coleta  de  urina  de  24  horas  pela  manhã.    Ao  se  levantar, esvaziar a bexiga, desprezando a primeira urina no vaso sanitário.  
    • A partir desse horário, toda urina deverá ser coletada em frasco próprio, fornecido pelo laboratório;
    • No  dia  seguinte  coletar  a  primeira  urina  da  manhã,  que  será  a  ultima  urina  a  ser coletada, fechando o ciclo de 24h;
    • Após  o  término  das  24  horas  todos  os  fracos  armazenados  devem  ser  entregues  ao laboratório  o  mais  breve  possível.  Caso  o  tempo  seja  muito  longo,  a  urina  sofre alterações que inviabilizam a análise, necessitando de nova coleta de urina de 24 horas;

    OBSERVAÇÕES:

    Manter dieta habitual e não ingerir bebida alcoólica durante o período da coleta de urina 24 horas;

    EXEMPLO:  Ao  acordar,  esvaziar  a  bexiga  em  vaso  sanitário  às 8h.  A  partir  desse horário, toda urina deverá ser coletada em frasco próprio, fornecido pelo laboratório. No dia  seguinte,  independente  de  ter  coletado  urina  durante  a  noite,  exatamente  às 8h, coletar a primeira urina juntamente com as demais amostras fechando o ciclo de 24h.

    ATENÇÃO:  A  perda  de  qualquer  quantidade  de  urina  interfere  consideravelmente  no resultado do exame. Esse dado é de extrema importância para uma melhor avaliação do resultado pelo médico.

  • 1.20 Urina coletor infantil

    1.20 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA COM COLETOR INFANTIL

    • Lavar as mãos com água e sabonete neutro e secar com toalha limpa;  
    • Lavar a região genital da criança com água e sabonete neutro e secar com gaze estéril;
    • Aplicar o saco coletor retirando a fita que cobre a parte adesiva;
    • Aguardar até que a criança urine;
    • Trocar o saco coletor a cada 40 minutos, caso a criança não tenha urinado, para evitar contaminação;  
    • Colocar o saco coletor dentro do frasco de urina fornecido pelo laboratório;
    • A urina deverá ser entregue no laboratório o mais breve possível, no máximo 2h após a coleta.

    Observações:

    • Não ingerir líquidos em excesso, para não diluir a urina, pois altera o resultado.
    • O volume coletado deve ser no mínimo de 10mL, caso não seja possível este volume, o material será analisado pelo setor responsável, sujeito a necessidade de recoleta.
  • 1.21 Urina parcial ou jato médio

    1.21 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE URINA PARCIAL ( JATO MÉDIO) E/OU UROCULTURA

    • Apanhar frasco estéril no laboratório;
    • Deve ser coletada a primeira urina da manhã ou então após retenção urinária de quatro horas;
    • Lavar as mãos com água e sabão neutro. Secar com toalha limpa;  
    • Realizar  a  higiene  da  região  genital  com  água  e  sabão  neutro  e  enxugar  com  toalha limpa ou gaze estéril;
    • Abrir  o  frasco  apenas  no  momento  da  coleta,  retirando  a  tampa  e  tendo  o  cuidado  de não tocar no interior da tampa nem do frasco;
    • Para os homens: retrair o prepúcio com uma das mãos e com a outra segurar o frasco já aberto;
    • Para  as  mulheres:  sentar  no  vaso  sanitário,  com  uma  das  mãos  segurar  o  frasco  já aberto e com a outra mão afastar os grandes lábios da vagina;
    • Desprezar o primeiro jato de urina no vaso sanitário e colher a porção média (20-50ml, meio frasco), sem interromper a micção, no frasco estéril;
    • Desprezar o restante da micção no vaso sanitário;
    • Tampar bem o frasco;
    • Trazer ao laboratório o mais breve possível, no máximo 2h após a coleta.

    OBSERVAÇÕES:

    • Não encher muito o frasco, para evitar extravasamento de material; metade do frasco é suficiente.
    • Caso haja algum respingo na parte externa do frasco, enxugar.  
    • Não ingerir líquidos em excesso, para não diluir a urina, pois altera o resultado.
  • 1.22 PSA

    1.22 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE PSA

    • Aguardar 48 horas: após ejaculação;
    • Aguardar 4 dias: após uso de supositório, sondagem uretral ou toque retal;
    • Aguardar 7 dias: após ultra-som transretal;
    • Aguardar 15 dias: após colonoscopia;
    • Aguardar 30 dias: após biopsia de próstata;
    • Não  realizar  exercício  em  bicicleta,  pilotar  moto,  ou  andar  a  cavalo  nos  2  dias  que antecedem a coleta  do exame.
  • 1.23 Coprológico

    1.23 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE COPROLÓGICO DE FEZES

    • Durante 3 (três) dias , além da alimentação habitual, ingerir: carne mal passada, sopa de aveia,  verduras  cruas,  legumes,  massas,  pão,  queijo,  purê  de  batata,  açúcar,  ovos  e leite;
    • Não ingerir bebidas alcoólicas ou gasosas (refrigerantes, água com gás, etc);
    • Coletar  uma  evacuação  completa  no  4º  dia  após  o  regime;  ou  prolongar  a  dieta  ate  a coleta do material;
    • Não ingerir purgativos ou laxantes antes do exame;
    • Coletar o material em frasco próprio, fornecido pelo laboratório.  O volume de fezes de 20 g (equivalente a 2 colheres de sopa), é suficiente.
    • O  material  deve  permanecer  em  local  fresco  ou  geladeira  até  ser  encaminhado  ao laboratório, no máximo 2 horas após a coleta;
    • Informar o uso de qualquer medicamento no momento do cadastro.
  • 1.24 Coleta de Cortisol salivar

    1.24 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE CORTISOL SALIVAR:

    • Evitar a ingestão de alimentos ou bebidas, no mínimo uma hora antes da coleta, sendo permitido somente água;
    • A  escovação  dos  dentes  é  permitida  2  horas  antes  de  realizar  a  coleta  evitando  que  o sangramento gengival interfira na amostra de saliva;
    • Abrir o coletor (salivete) fornecido pelo laboratório e remover o algodão;
    • Colocar o algodão na boca estimulando a salivação;
    • Manter  o  algodão  durante  3  minutos  ou  o  tempo  necessário  para  sentir  que  está saturado de saliva;
    • Retornar o algodão para a posição inicial do coletor e fechar firmemente;
    • Anotar no tubo o horário da coleta, e o uso de qualquer medicação.
    • O horário da coleta deve ser feito conforme solicitação médica ou
      • Manhã: entre 08:00 e 10:00 horas
      • Tarde: entre 14:30 e 15:30 horas
      • Noite: entre 23:00 e 24:00 horas
  • 1.25 Coleta de catecolaminas

    1.25 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA COLETA DE CATECOLAMINAS

    • Para catecolamina urinária: de preferência não realizar no período menstrual.
    • Três  (3)  dias  antes  do  início  da  coleta  e  no  quarto  dia,  quando  a  coleta  será  iniciada (urina ou sangue), o paciente deverá abster-se de qualquer substância que contenha:
      • Café, Chá, Chocolate, Amendoim, BaunilhaAlimentos aromatizados com vanilina, Vitaminas,   Refrigerantes,   Nozes,   Baunilha,   Abacate,   Banana,   Ameixa,   Berinjela, Tomate,  Kiwi,  Abacaxi,  Sorvete,  Manga.  -  Os  pacientes  devem,  também,  abster-se  de fumo,  refrigerantes  com  cola  e  bebidas  alcoólicas  nestes  4  dias.  Durante  estes  quatro (4) dias o paciente deverá alimentar-se de: Pão, Manteiga, Ovos, Açúcar, Leite integral, Arroz, Carne, Água a vontade.
    • Algumas medicações podem alterar o resultado do exame. ANOTAR O USO DE MEDICAMENTOS
  • 1.26 Teste tolerânica à glicose _TTG_ sobrecarga ou curva glicêmica

    1.26 - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO TESTE TOLERÂNCIA À GLICOSE (TTG), SOBRECARGA OU CURVA GLICÊMICA

    •  O  exame  compreende  uma  dosagem  da  glicemia  de  jejum  e  uma  dosagem  (ou  dosagens seriadas,  conforme  solicitação  médica)  da  glicemia após  ingestão  de  75g  de  glicose  por  via oral.  
    •  Preparo:
      • Manter dieta habitual;
      • Não fazer esforço físico antes do exame (no mesmo dia do exame).
    • Recomendações durante o exame:
      • O paciente deve evitar andar e não pode fumar ao longo da prova;
      • A ingestão de qualquer tipo de alimento é proibida durante o exame;
      • Não realizado em pacientes sem solicitação médica.

    EPISÓDIOS DE VÔMITO QUE POSSAM OCORRER DURANTE O TEMPO DE ESPERA PARA AS COLETAS DE SANGUE, DEVERÃO SER COMUNICADOS IMEDIAMENTE À RECEPCIONISTA

  • 1.27 Multiplex amostra urinária

    1.27 – Multiplex – Amostra urinária

    • Solicitar no laboratório um frasco estéril para coleta de urina
    • A amostra a ser coletada deve ser preferencialmente a primeira urina da manhã ou, em casos que necessite de urgência, após a retenção urinária de pelo menos 4 horas.
    • Lavar as mãos com água e sabão neutro. Secar com a toalha limpa;
    • Realizar  a  higiene  da  região  genital  com  água  e  sabonete  neutro  e  secar  com  toalha limpa ou gaze estéril;
    • Abrir o frasco apenas no momento da coleta;
    • Para os homens: retrair o prepúcio com uma das mãos e com a outra segurar o frasco já aberto;
    • Para  as  mulheres:  sentar  no  vaso  sanitário,  com  uma  das  mãos  segurar  o  frasco  já aberto e com a outra mão afastar os grandes lábios da vagina;
    • Coletar O PRIMEIRO JATO de urina diretamente no frasco (10 mL);
    • Desprezar  o  restante  da  micção  no  vaso  sanitário; se  tiver  solicitação  de  parcial  de urina, coletar o restante da urina (jato médio) em outro frasco;
    • Tampar o frasco e levar imediatamente ao laboratório, no máximo 2h após a coleta;

    OBSERVAÇAO:   A   coleta   deve   ser   realizada   preferencialmente   antes   do   início   da antibioticoterapia (de uso oral ou tópico na região genital), ou a critério médico.

  • 1.28 Ácido Vanil Mandélico

    1.28 – Ácido Vanil Mandélico

    • Três dias antes da coleta de urina e durante a coleta o paciente deverá evitar o consumo de   café,   chá,   chocolates,   verduras,   baunilha   (inclusive   essências),   amendoim refrigerantes, nozes, abacate, banana, ameixa, berinjela, tomate, kiwi, abacaxi, sorvete, manga.  
    • Os pacientes devem também evitar o fumo, refrigerantes com cola e bebidas alcoólicas;
    • Algumas medicações podem alterar o resultado do exame. Medicamentos prescritos só devem ser suspensos a critério do médico assistente.
  • 1.29 Ácido Hipúrico e Àcido Metilhipúrico

    1.29 - Ácido Hipúrico e Àcido Metilhipúrico

    • Um  dia  antes  da  coleta  evitar:  frutas  (ameixa,  pêssego),  grãos  verdes  de  café, refrigerantes,  margarinas,  mostarda,  ketchup,  pães,  sucos  de  frutas  industrializadas, consumo de álcool, chimarrão.
    • Um dia antes da coleta evitar utilização de aspirina.
  • 1.30 Teste tolerância à lactose

    1.30 – TESTE DE TOLERÂNCIA A LACTOSE

    •  O exame compreende uma dosagem da glicemia de jejum e mais três dosagens da glicemia após ingestão da solução de Lactol® por via oral.
    •  Essas dosagens são realizadas em 15, 30 e 60 minutos após ingestão do líquido.

     
     Preparo:

    •     Manter dieta habitual;
    •     Não fazer esforço físico antes do exame (no mesmo dia do exame).

    Recomendações durante o exame:

    •     O paciente deve evitar andar e não pode fumar ao longo da prova;
    •     A ingestão de qualquer tipo de alimento é proibida durante o exame;
    •     Não realizado em pacientes sem solicitação médica.
  • 1.31 Coleta Endocervical

    1.30 – COLETA ENDOCERVICAL

        •  A coleta deve ser realizada preferencialmente antes do  início da antibioticoterapia ou à critério médico; 
     
        •  A  paciente  não  deve manter  relações  sexuais  dentro  das  72  horas  que  antecedem  a coleta;  
        •  Não usar ducha vaginal, cremes ou óvulos vaginais nas 48 horas anteriores à coleta;  
        •  Não  ter  feito exame ginecológico  com  toque e/ou ultra-som nas 48 horas anteriores à coleta 
        •  A paciente não deve estar menstruada; 
        •  A presença de sangue (não menstrual) ou de conteúdo vaginal não altera o resultado 
     

    NÃO REALIZAMOS COLETAS ENDOCERVICAIS EM GRÁVIDAS, VIRGENS E CRIANÇAS 
     
     

© 2021 Todos os Direitos Reservados.